Fabio Santos – Foto: Danyllo Proto

 

Yamaha Monster Energy Geração é a única equipe do motocross brasileiro a enviar pilotos para o Motocross das Nações 2018, competição que acontece nos Estados Unidos neste fim de semana, 6 e 7 de outubro.

Fabio Santos, piloto de 22 anos, corre pelo Brasil neste que é o campeonato mais importante do motocross mundial, reunindo seleções de 30 países em uma disputa em forma de olimpíadas.

Carlos Campano, 33 anos, é um dos representantes do time espanhol na competição. O piloto de Sevilla corre pela Yamaha do Brasil desde 2012, e ambos competem no MX das Nações com suporte da equipe brasileira.

 

> Bandsports transmite ao vivo no domingo, a partir das 14h <

 

Os dois atletas entram na pista na categoria Open com suas Yamaha YZ 450F na busca pela classificação de suas seleções para as finais.

“Ter dois pilotos do nosso time no Motocross das Nações é um grande orgulho, e ainda tem o Jean Ramos que foi selecionado como suplente do Fabinho, então podemos dizer que três dos nossos quatro pilotos foram convocados para competir na maior prova do mundo do motocross. Torcemos para que ambos tenham sucesso representando suas Nações e a Yamaha”, comenta Sandro Garcia, diretor da equipe.

> Clique aqui para ver mais fotos da equipe

O time tupiniquim ainda conta com Gustavo Pessoa, que é piloto da equipe britânica DRT Kawasaki, e Enzo Lopes, da norte-americana JGR Suzuki.

A equipe espanhola tem em seu elenco Jose Butron e Jorge Prato, dois pilotos que correm o Mundial de Motocross com motos KTM.

 

O que é o Motocross das Nações

MX das Nações é uma competição anual, que acontece em um fim de semana, reunindo seleções de diversos países, cada qual com três pilotos.

O formato de disputa exige desempenho de todos os atletas, já que é o resultado somado que elege o país campeão. Todos correm pela pátria, e não apenas pelo resultado pessoal.

O Brasil vai para sua 17ª participação, a 7ª consecutiva com apoio da Yamaha Monster Energy Geração. O país verde-amarelo jamais foi campeão, e seus melhores resultados aconteceram em 2008 e 2009, com a 14ª colocação em ambas edições.

 

Programação do MXoN 2018

País: Estados Unidos
Cidade: Buchanan, Michigan
Pista: RedBud

Sábado, 6 – horários de Brasília
10h – Abertura
14h15 – Studio Show
15h20 – MXGP / bateria classificatória
16h20 – MX2 / bateria classificatória
17h20 – Open / bateria classificatória

Domingo, 7 – horários de Brasília
11h50 – Final B (repescagem)
14h – Race 1 (MXGP & MX2)
15h30 – Race 2 (MX2 & Open)
17h – Race 3 (Open & MXGP)

Confira abaixo a expectativa dos pilotos.

 

FÁBIO SANTOS #4

Categoria Open / Moto Yamaha YZ 450F 

“Estou muito confiante, bem fisicamente e mentalmente. A moto é excelente, já fizemos os ajustes necessários para mim e gosto muito de andar de 450. Nossa equipe é forte, com três pilotos em um excelente momento. Vamos dar o máximo para colocar o Brasil na final e depois buscar o melhor resultado possível. Contamos com a torcida de todos”, afirma Fabio Santos.

 

CARLOS CAMPANO #115

Categoria Open / Moto Yamaha YZ 450F 

“Estou muito feliz por voltar à equipe espanhola. Butrón está andando muito bem no Mundial, e Prado é o atual campeão mundial na MX2, então estamos com um nível incrível. Acho que temos chances de fazer um bom resultado. Estou muito empolgado, com muita vontade de andar nesta pista. O objetivo também é manter um bom ritmo no fim de semana e voltar forte para o campeonato brasileiro”, afirma Campano.

 

A Yamaha Monster Energy Geração tem patrocínio de Yamaha, Monster Energy, Grupo Geração, Rinaldi Pneus, ASW Racing, Durag, DID Alta Performance, Oxxy, Foco Racing, Yamalube, Yamaha Consórcios, MotoStyle Gráficos e DropMud.