Ricardo Martins venceu a Super Production – Crédito: FOTOP

 

O catarinense Ricardo Martins é campeão do Rally dos Sertões 2018 na categoria Super Production após jornada de sete dias e 3.613 quilômetros percorridos entre Goiânia (GO) e Fortaleza (CE).

+ Clique aqui para ver mais fotos da equipe

Neste sábado, 25, o piloto da Yamaha Geração Rinaldi Rally Team recebeu a bandeirada final e comemorou muito o título inédito na categoria (já havia sido campeão na categoria Marathon, no Rally dos Sertões 2011), e o vice-campeonato na classificação geral (o troféu ficou com o mineiro Tunico Maciel).

“Depois de alguns problemas em anos anteriores, com quedas fortes, depois da experiência extrema no Dakar, eu precisava completar este rally. Chegar já é uma vitória, e conquistar o título da Super Production tem um gosto especial! Estou muito feliz com o resultado”, exclama Martins.

Ricardo Martins esteve sempre entre os primeiros durante as sete etapas da disputa e venceu o quinto estágio, na quinta-feira. O atleta também garantiu o vice-campeonato do Brasileiro de Rally Cross Country 2018, já que as cinco etapas iniciais do Sertões somavam pontos para o campeonato nacional.

Luciano Gomes e Bruno Leles, integrantes do Programa bLU cRU por competirem com motos privadas Yamaha, também completaram a 26ª edição do Rally dos Sertões com suas WR 450F.

Confira abaixo os tempos, classificação final e comentários.

 

Resultado da 7ª etapa (extraoficial)

1. Jean Azevedo – 3h12min43
2. Tunico Maciel – 3h13min13
3. Ricardo Martins – 3h16min44
4. Gregório Caselani – 3h19min09
5. Mario Marchiori – 3h21min12

9. Luciano Gomes – 3h23min57

18. Bruno Leles – 3h33min34

 

Acumulado após 7 etapas (extraoficial)

Classificação Geral
1. Tunico Maciel – 27h24min40
2. Ricardo Martins – 27h56min17
3. Gregório Caselani – 28h27min51
4. Mario Marchiori – 29h07min41
5. Tulio Malta – 29h09min14

6. Luciano Gomes – 29h19min25

14. Bruno Leles – 31h04min49

 

Acumulado Super Production (extraoficial)

1. Ricardo Martins – 27h56min17
2. Gregório Caselani – 28h27min51
3. Wagner Jovenal – 36h15min50
4. Moara Sacilotti – 41h41min34
5. Tiago Fantozzi – 46h09min11

 

RICARDO MARTINS #3

Categoria Super Production 
Moto Yamaha WR 450F 

“Hoje (sábado) foi um dia tenso na prova. Só queria terminar o rally, precisava disso. Depois de alguns problemas em anos anteriores, com quedas fortes, depois da experiência extrema no Dakar, eu precisava completar este rally. Chegar já é uma vitória, e conquistar o título da Super Production tem um gosto especial! Estou muito feliz com o resultado. Vamos comemorar!”.

 

Equipe de apoio é fundamental para o sucesso – Crédito: FOTOP