Jean, Fabio, Carlos, Tallys – Foto: Stephan Solon

 

O Brasileiro de Motocross 2018 começa neste fim de semana, 24 e 25, com sua rodada de abertura na cidade de Cornélio Procópio, Paraná.

A equipe Yamaha Monster Energy Geração entra na disputa com quatro pilotos campeões em busca de títulos nas categorias Elite MX, MX1, MX2, MX2-Junior e Nacional 230.

A classe Elite MX é novidade em 2018. A categoria foi criada com intuito de entregar um atrativo extra para o público ao final de cada rodada. Trata-se de uma corrida que unirá os melhores pilotos do dia, classificados por seus resultados nas classes MX1, MX2 e MX3, em uma disputa emocionante. Em resumo, será a grande final do domingo.

Carlos Campano começa a disputa com o número #1 em sua moto após conquistar seu quarto título da MX1 em 2017. O espanhol de 32 anos vai para sua sexta temporada no Brasil defendendo as cores da Yamaha.

Jean Ramos, 29 anos, é a principal esperança dos brasileiros para reconquistar o troféu da categoria MX1 em um cenário que só tem estrangeiros campeões desde 2012. O paranaense está em seu quarto ano com a equipe Yamaha, e já foi campeão brasileiro na categoria MX2 em 2011.

Fabio Santos, campeão brasileiro na MX2 em 2016, começa a temporada 2018 focado em reconquistar o troféu da competição nacional. Aos 21 anos, o paulista é um dos favoritos a vencer na abertura.

Tallys Nathan, 17 anos, é o atual campeão brasileiro na classe MX2-Junior. O “fenômeno” de Santa Cruz do Capebaribe, Pernambuco, compete nas categorias MX2-Junior e Nacional 230, na qual quer levar a Yamaha TT-R 230 ao topo do pódio.

Confira abaixo as expectativas dos pilotos, a programação do evento e fotos do time.

 

CARLOS CAMPANO #115

Categoria MX1 / Moto Yamaha YZ 450F

“Estou me sentindo muito bem com a Yamaha 2018, me acertei um pouco mais com ela (em relação ao fim do ano passado). Fiz algumas corridas na Espanha (no início deste ano), e ainda que os resultados não tenham sido tão bons porque tive alguns problemas que não me deixaram chegar no lugar que gostaria, a verdade é o rendimento foi muito bom e estou confiante com meu preparo. A primeira corrida sempre é difícil porque todos querem mostrar que trabalharam duro na pré-temporada e acabam arriscando um pouco mais que o normal. E a pista (de Cornélio Procópio) é um pouco difícil, chão muito duro. Então vou tentar me sentir bem na pista, fazer boas corridas e conquistar bastantes pontos para começar com o pé direito”, diz Carlos Campano, tetracampeão brasileiro na categoria MX1.

 

 

JEAN RAMOS #10

Categoria MX1 / Moto Yamaha YZ 450F

“Expectativa é boa, venho em uma boa fase. Vamos começar o campeonato em uma pista que não me agrada muito, mas é melhor começar lá do que terminar lá. Estou em um ótimo nível, com uma preparação muito boa, estou bem feliz, acredito que temos chances de fazer um bom resultado. O objetivo sempre é vencer, mas se terminar entre os três primeiros nesta abertura com certeza será um bom resultado para mim e para equipe, para depois irmos melhorando a cada etapa. Claro que temos que trabalhar algumas coisas e um bom resultado animaria para trabalhar ainda mais “, fala Jean Ramos.

 

 

FÁBIO SANTOS #4

Categoria MX2 / Moto Yamaha YZ 250F

Estou bastante ansioso para a abertura do Brasileiro porque trabalhei duro durante toda a pré-temporada e sinto que estou 100% preparado para brigar pelo título do campeonato. Espero fazer boas largadas neste fim de semana e fazer boas corridas para começar o ano bem”, afirma Fabio Santos.

 

 

 

TALLYS NATHAN #183

Categoria MX2-JR / Moto Yamaha YZ 250F
Categoria Nacional 230 / Moto Yamaha TT-R 230

“Estou com uma expectativa boa. Vou competir em duas categorias, defender o título na MX2-JR e buscar o troféu da categoria Nacional com minha TT-R 230, moto com a qual já conquistei boas vitórias na pré-temporada e que vem me agradando cada vez mais“, afirma Tallys Nathan.

 

 

Fotos para download